Textos


Filhos e Partidas

Parte o terceiro filho, sonhos além,
à nova morada  em ciclos de vida;
casal enlaçado do amor são reféns,
entregam-se ao novo, paz incontida.
 
Assim vão-se os filhos que não se detém,
cantou o poeta das pombas alaridas;
compartem suas asas, braços de alguém
 acaso, destino das flores colhidas.
 
O coração de mãe que se inquieta
refaz-se em júbilo, sorriso em festa,
traz alegria estampada na face
 
Vive sua vida, netos à espera;
prontidão de sorrisos, portas abertas,
idade feliz nos laços dos enlaces.
 
Rogoldoni
23 10 2017

 
rosangelaSgoldoni
Enviado por rosangelaSgoldoni em 30/10/2017
Alterado em 03/11/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários


Imagem de cabeçalho: raneko/flickr