Textos


(A)Deus

Naquela manhã
o céu encobriu-se de tristezas.
Aquele amor que só pode ser
ousadia,
fantasia,
uma tela surrealista,
partiu ao encontro do Julgador.
Quem tantos corações machucou
sentiu o extravasamento da alma em desespero:
ultrapassou sua última fronteira.
Ficaram seus versos e este poema de adeus.
 
Rogoldoni
07 01 2018
 
rosangelaSgoldoni
Enviado por rosangelaSgoldoni em 08/01/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários


Imagem de cabeçalho: raneko/flickr