Textos


Das Memórias de Amor

A luz da sala continuava acesa.
Teclava algumas palavras sem sentido no laptop ligado.
A janela entreaberta
deixava escapar alguns fachos que se
refratavam nos pingos de chuva além da varanda.
Um mosaico de cores dançava desorientado
em meio à escuridão da estrada.
Memórias...
Um sopro de vento sacudiu as venezianas.
Levantou-se aflita e trancou-se naquela sala fria.
Melhor deixar os sonhos dormindo lá fora.
 
Rogoldoni
18 01 2020
https://rascunhosdarogoldoni.blogspot.com/2020/01/das-memorias-de-amor.html

 
rosangelaSgoldoni
Enviado por rosangelaSgoldoni em 28/01/2020
Alterado em 30/01/2020
Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários


Imagem de cabeçalho: raneko/flickr